Connect with us

Hi, what are you looking for?

Mundo

Relatório da NASA revela danos surpreendentes na Artemis

Artemis sofre muito mais que o esperado pelos engenheiros da NASA

Missão Artemis I da NASA (Foto: NASA)
Missão Artemis I da NASA (Foto: NASA)

Um relatório recente de vigilância trouxe à tona surpreendentes danos sofridos pela espaçonave Orion durante sua reentrada na atmosfera terrestre, após a primeira missão do programa Artemis em dezembro de 2022. O documento revela que a cápsula foi impactada em mais de 100 pontos, muito além do que os engenheiros da NASA antecipavam, levantando sérias dúvidas sobre a viabilidade do programa.

Durante a reentrada a Orion enfrentou condições extremas, com temperaturas chegando a 2700 graus Celsius e velocidades de 40 mil quilômetros por hora. Fotos do escudo térmico, ao invés de mostrar o esperado derretimento superficial, exibiam ranhuras que lembravam pequenos buracos. O relatório alerta que, se problemas similares ocorrerem nas próximas missões, isso poderá resultar na perda da nave ou até mesmo da tripulação.

Além das preocupações imediatas com a Orion, o relatório destaca os desafios que esses problemas representam para o cronograma do programa Artemis. O adiamento da missão Artemis 2 para setembro de 2025 já foi anunciado, em parte devido à necessidade de investigar os danos no escudo térmico.

A expectativa anterior da NASA, de concluir um pouso humano na Lua até o final de 2026, agora parece incerta. Os danos no escudo térmico e nos parafusos da cápsula elevam as preocupações sobre a viabilidade dessa meta. Além disso, o foguete do Sistema de Lançamento Espacial, responsável por levar a Orion ao espaço, também causou danos aos equipamentos terrestres, aumentando os desafios logísticos e financeiros.

A resposta da NASA ao relatório sugere uma mistura de cautela e determinação em resolver os problemas identificados. Catherine Koerner, administradora associada da agência, afirmou que os desafios estavam sendo abordados antes da publicação do relatório, mas reconheceu a seriedade das questões levantadas.

Uma equipe de investigadores está trabalhando para compreender as causas dos danos e buscar soluções. No entanto, a complexidade das condições de reentrada na atmosfera torna esse processo desafiador. Enquanto isso, os engenheiros exploram maneiras de melhorar o design do escudo térmico e planejam trajetórias alternativas para futuras reentradas da Orion.

Written By

Viciada em BBB, Realities, bastidores dos famosos e acompanha tudo que rola nas redes sociais das celebs. Se tiver uma novidade sobre os famosos eu trago aqui no Tudo Pop. Amo futebol, e torço pro Corinthians.

Advertisement

Recomendas

Criptomoedas

Peter Schiff, o economista que previu a crise financeira de 2008 e um defensor fervoroso do ouro, declarou recentemente que o Bitcoin está “morto”....

Mundo

No epicentro das acusações contra Donald Trump, está a atriz Stormy Daniels, cuja presença nesse turbulento julgamento criminal expõe as profundas falhas de caráter...

Criptomoedas

Bitcoins adormecidos acordaram

Mundo

Os bilionários estão preocupados com as catástrofes climáticas

Tudo Sobre

O Chevrolet Corvette E-Ray 2024 representa um marco significativo na história do Corvette, marcando a transição do icônico modelo para uma era eletrificada. Com...

Últimas

Tecnologia

Concorrente menor da gigante dos serviços de nuvem apresenta ótima performance

Esporte

Horários, Transmissões e Expectativas para a Próxima Etapa Eletrizante da Fórmula 1

Esporte

Sheik Mansour Bin Zayed Al Nahyan, adquire o Esporte Clube Bahia por R$ 126 Bilhões

Esporte

E-Ray 2025 será o pace car na 108ª edição das 500 Milhas de Indianápolis

Esporte

Seleção Brasileira: Convocação com Sabor de Sucesso!

Mais notícias relacionadas

Mundo

Conclusão vem de mais de 30 anos de observações via satélite

Mundo

99942 Apophis está sendo acompanhado "de perto" pela NASA

Mundo

Corpo celeste descoberto em 1812 ganhou esse apelido por uma explosão que o deformou e lhe deu "chifres"

Mundo

Dante Lauretta é o investigador principal da missão OSIRIS-REx da NASA

Mundo

Agência americana estuda formas de mitigar os potenciais impactos na Terra

Mundo

Sonda espacial Voyager 1 ficou incapaz de enviar dados utilizáveis para a Terra

Tecnologia

Sonda solitária parou de se comunicar de forma coerente